Propriedade acionária no Brasil

Objetivo:

Com base nos dados informados por cada companhia registrada na CVM a respeito de seus acionistas finais que detenham mais de 5% das ações emitidas pela companhia, a pesquisa é estruturada em duas partes essencialmente empíricas. A primeira, com o emprego da estatística descritiva, busca retratar os diversos perfis de acionistas e sua posição nas estruturas de propriedade das companhias, considerando todas as participações diretas, indiretas por estruturas piramidais e cruzadas. A segunda, por meio da análise de redes, visa a estudar como estes players de mercado se distribuem e se relacionam nos diferentes empreendimentos em que figuram como acionistas.

Pesquisadores envolvidos:

 

Participam deste projeto de pesquisa: Lie Uema, Renato Vilela e Victor Ribeiro.